sábado, 17 de maio de 2008

Festival Eurovisão da Canção

Há muitos anos que me desinteressei totalmente pelo Festival Eurovisão da Canção. Nem do dia, nem do mês do evento me lembro, tão pouco se ganhámos ou perdemos, ou se a representação foi boa ou não. Já lá vai o tempo em que o festival da Eurovisão era o acontecimento do ano e nós "bebíamos" cada momento como se da nossa própria vida se tratasse. Desilusões, atrás de desilusões deixou um vazio de desinteresse. As interpretes não tem culpa, já levámos lá o melhor da nossa praça, belíssimas vozes que mais tarde são o ex-líbris do nosso mundo das cantigas. Como é o caso da Dulce Pontes, Anabela, Adelaide Ferreira, Carlos do Carmo, Carlos Mendes, ou ainda Fernando Tordo e tantos outros. Bons poemas, quem não se lembra da Flor de Verde Pinho, a Tourada a Desfolhada e muitos outros que todos nós cantarolávamos todo o ano e que ainda recordamos.
Porém, este ano, gosto particularmente da canção que vai representar o nosso País, gosto da letra, Carlos Coelho, da música, Andrej Babic, e da interpretação da Vânia Fernandes. Temos todos os ingredientes para ter uma boa representação. Agora, se o conseguimos é outra conversa, porque sempre houve "politiquices" e "compadrio" neste Festival e não vai ser este ano que isso vai deixar de acontecer. Era bom, era.

Boa sorte para a Vânia e para a nossa canção.


SENHORA DO MAR

Senhora do mar,
Ante vós, me tendes caída.
Quem vem tirar meia da vida e da paz
Desta mesa, desta casa, perdidas?
Amor, qu’é de ti?

Senhora do mar,
Ante vós, minha alma está vazia.
Quem vem chamar a si o que é meu?
Ó mar alto, traz pr’a mim,
Amor meu sem fim!

REFRÃO

Ai, negras águas, ondas de mágoas,
Gelaram-m'o fogo no olhar.
Ele não torna a navegar!
E ninguém vos vê chorar,
Senhora do mar!


Quem vem tirar meia da vida e da paz
Desta mesa, desta casa, perdidas?
Amor, qu’é de ti?

Ai, negras águas, ondas de mágoas,
Gelaram-m'o fogo no olhar.
Feridas em sal, rezas em vão...
Deixai seu coração
Bater junto a mim!

(REFRÃO)

9 comentários:

OBSERVADOR disse...

Ainda existe essa coisa?

Beijinhos

Mafy disse...

Oii Franky, td bem?

ADOROOOOOO festivais da Canção, mas não tanto agora.

Este ano gosto bastante da voz que nos vai representar, assim como da canção. Muito Bonita!!!
Só que já se sabe como é nas votações né???
Outros interesses se levantam :P

Bjocas a todos
Mafy

OBSERVADOR disse...

A voz é muito boa.
Mas a canção deixa muito a desejar.
Nem da eliminatória passa.

Franky disse...

Olá Observador
Ainda existe, mesmo que a gente não ligue, todos os anos lá vamos nós de malas aviadas à procura de um sonho.

Franky disse...

Olá Mafy
Bem vinda por aqui amiga.
Eu também já gostei mais, agora só em raras excepções como é o caso da Vânia é que me interesso e perco um pouquinho do meu tempo.
Ganhar? Não, não acredito nisso!
É só mais uma canção que fica para mais tarde recordar, porque gosto dela!
Um beijo

Mafy disse...

Olá Franky,

Tou como tu. Também gosto da canção e muito.
A voz é bonita e a canção é forte!!

Venha a Vãnia como vier da Sérvia, trará na bagagem certamente mais experiência e no coração um sonho que aos poucos se está a tornar realidade.

Bj a todos

Mafy disse...

Yessssss

Parabéns Vânia!!
Pelo menos vamos à Final :)

Bj

Franky disse...

Parece que não somos só as duas a gostar da canção portuguesa!
Arrepiei-me ao ouvir a Vânia! Que bem que interpretou, ela e todos os outros que a acompanham. Foi bonito de ver.
Seguimos em frente. Depois se verá.

elvira carvalho disse...

Só ontem ouvi a canção. E até ontem nem sabia que ia decorrer o festival. Praticamente não vejo TV.
Mas confesso que gostei da canção, embora não saiba se ficou bem ou mal classificada, já que adormeci de cansaço sentada ao pc, a meio da votação e quando acordei já tinha acabado.
Obrigada pela sua generosidade em relação às fotos.
Como deve saber eu tenho outro blog, o Coisas Minhas, onde ponho slides de terras por onde tenho passado. Agora por exemplo está lá Cabeceiras de Basto.
Um abraço e bom Domingo.